quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Como Você Pode Consertar Um Coração Partido?

video


Eu lembro dos dias mais jovens quando vivo minha vida
Era tudo que um homem poderia desejar fazer.
Eu não conseguia ver o amanhã, e nunca me contaram sobre o sofrimento.

E como você pode consertar um coração partido?
Como você pode impedir a chuva de cair?
Como você pode impedir o sol de brilhar?
O que faz o mundo girar em círculos?
Como você pode consertar este homem partido?
Como pode um perdedor algum dia vencer?
Por favor, ajude-me a consertar meu coração partido e deixe-me viver novamente.

Eu ainda posso sentir a brisa sussurando através das árvores
E as lembranças nebulosas dos dias que se foram.
Nós nunca conseguíamos ver o amanhã, ninguém disse uma palavra sobre o sofrimento.

E como você pode consertar um coração partido?
Como você pode impedir a chuva de cair?
Como você pode impedir o sol de brilhar?
O que faz o mundo girar em círculos?
Como você pode consertar este homem partido?
Como pode um perdedor algum dia vencer?
Por favor, ajude-me a consertar meu coração partido e deixe-me viver novamente.

De novo. De novo e de novo. O vento fazendo voar os papéis, que julgava tão arrumados em cima da mesa, tão certos.
O ácido que cai em sua pele e fura, a dor intensa. E não adianta lavar, vai continuar a furar e doer até chegar no osso.
É, o vento.
video

domingo, 21 de novembro de 2010

Lambendo a cria

Matéria da Rede Minas sobre o Centro Municipal de Agricultura Urbana. Olha eu dando uma palinha sobre o plantio em pequenos espaços!

video

domingo, 14 de novembro de 2010

Nove + 2 coisas sobre mim

- Estou muito, muito cansada.
- Detesto aeroporto. A espera, a cara de "eu sou superior" da classe média, as livrarias vendendo auto-ajuda e best-sellers.
- Tenho chorado até em filme de Power Rangers. Solucei em Gran Torino.
- Queria ter conhecido Julio Cortázar pessoalmente.
- Não queria ser rica, mas queria muito viver sem grandes preocupações financeiras. Tenho que pensar em contas a pagar todo dia, esse negócio drena toda a minha energia.
- Amo todos os tons de lilás, violeta, anil. Quando vejo uma parede, um tecido com essas nuances, tenho desejo de poesias.
- Se tivesse que escolher entre axé, pagode ou sertaneja como questão de vida ou morte, tava fudida. Sertaneja, acho.
- As vezes acho que tenho alguma doença muito séria, mas mesmo assim, fujo do médico. Preciso ir para resolver coisas concretas, nem um pouco complicadas (a dor no pé, óculos, preventivo), mas não vou. Porque?
- Acho que o livro que li mais vezes foi "Zen e a Arte da Manutenção das Motocicletas". Li umas 6 vezes e é claro que vou lê-lo mais outros tantos.
- Sou radical. Qualquer bijouteria dourada eu acho de uma peruagem sem fim. Com roupa de oncinha e bolsa Louis Vuitton então! Cruz credo.
- Adoro ser mineira.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Beija-flor

Cute cute até não querer mais.

video